Limpeza Pública

Mutirão promove benfeitorias em diversos locais do município

Fotos: Divulgação / Texto: Eduardo Rodrigues

Nesta sexta-feira (17), a prefeitura empenhou equipes em diversos locais do município a fim de promover uma série de benfeitorias. Na Avenida Monteiro Lobato, na região de Agenor de Campos, por exemplo, o trabalho foi de limpeza e desobstrução do córrego que margeia a pista.

Outro trecho da via, o esforço foi na intervenção de tapa-buraco e de manutenção de tampas e redes de drenagem. Este serviço igualmente foi realizado na Avenida Governador Mário Covas Jr. (Avenida do Mar), assim como na Nossa Senhora de Fátima, Dom Pedro e na confluência entre as ruas Santa Cecília e Bertioga.

A população deve colaborar, não jogando lixo nas vias públicas. Este material vai parar nas bocas-de-lobo, entupindo as redes de drenagem e provocando alagamentos.

Trabalho de limpeza do Rio Aguapeú avança

Fotos: Divulgação / Texto: Eduardo Rodrigues

As equipes da prefeitura continuam empenhadas na limpeza manual do Rio Aguapeú, para desobstrução do curso das águas. Supervisionado pela Coordenadoria de Defesa Civil do município, o trabalho está em sua primeira etapa e visa garantir maior captação das águas oriundas das redes de drenagem, minimizando os impactos das chuvas para as comunidades.

Quase tudo pronto para a Festa Junina do CRAS Agenor

Fotos: Toninho Izar / Texto: Eduardo Rodrigues

As equipes da prefeitura estão mobilizadas na limpeza e preparação do CRAS Agenor de Campos, para que o espaço receba da melhor maneira possível a Festa Junina das famílias assistidas pelos programas sociais, na próxima sexta-feira (13). Nesta quarta-feira (11), mais uma etapa foi concluída. Agora, os servidores do equipamento finalizarão a afixação dos adereços e organizarão disposição das mesas e cadeiras. Segundo os responsáveis pelo evento, tudo está sendo preparado com muita dedicação e carinho.

Rio Aguapeú começa a ser limpo

Fotos: Divulgação / Texto: Eduardo Rodrigues

As equipes da prefeitura iniciaram na manhã desta terça-feira (10) os trabalhos de limpeza do Rio Aguapeú. As intervenções começaram por Agenor de Campos, região da Zona Rural, e a ideia é suprimir o excesso de vegetação para garantir melhor curso para as águas, minimizando os impactos das chuvas para as comunidades. Toda a ação está sendo supervisionada pelo coordenador da Defesa Civil no município, Raniedson de Lima.

Equipes removem boia de navio encalhada na orla

Fotos: Divulgação / Texto: Eduardo Rodrigues

Episódio inusitado, uma boia de navio apareceu na faixa litorânea do município nesta quinta-feira (28), na região da Vila São Paulo.

Pescadores retiraram o objeto do mar e o alocaram na areia. Equipes da Defesa Civil, Diretoria de Meio Ambiente, Departamento de Limpeza Pública e Guarda Civil Municipal (GCM) foram deslocados para atender à ocorrência e acionaram a Capitania dos Portos e a Polícia Ambiental.

A boia foi removida para a Garagem Municipal e a Administração Municipal aguarda posicionamento da Capitania quanto aos procedimentos a serem tomados.

Força-tarefa remove edificações irregulares no Flórida Mirim

Fotos: Toninho Izar / Texto: Eduardo Rodrigues

Operação realizada nesta sexta-feira (25) desocupou várias áreas públicas, glebas em preservação ambiental e locais sub judice, que receberam intervenções de maneira irregular. A iniciativa aconteceu no bairro Flórida Mirim, na região do presídio, e atendeu a uma determinação do Gaema (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente) do Ministério Público.

Diversas edificações foram derrubadas, muitas áreas demarcadas foram desfeitas e volumes de materiais de construção foram apreendidos. Foram lavrados vários autos de infrações e apreensões, além de Boletins de Ocorrência (B.O.s). Ainda na ocasião, pessoas que foram indicadas como responsáveis por praticarem este ato ilícito tiveram de prestar esclarecimentos às autoridades policiais.

Conforme os autores da ação, um cronograma de atividades a serem implementadas será elaborado, incluindo o monitoramento permanente desta e de outras áreas passíveis de apropriação indébita, com a intenção de coibir novos episódios do gênero.

Participaram da operação técnicos dos departamentos de Habitação, Meio Ambiente, Obras Particulares, Fiscalização do Comércio, Assistência Social, Serviços de Trânsito (Semutran), além da Procuradoria-Geral do Município, Coordenadoria de Defesa Civil, Guarda Civil Municipal (GCM), polícias Ambiental, Militar e Civil, e Sabesp.